terça-feira, 8 de dezembro de 2015

O que o meu eu aos 50 diria para mim agora (aos 42)

1. Volte a dançar tango, na primeira oportunidade que você tiver!

2. Volte a registrar os seus sonhos! Isso é urgente!

3. Seja sempre carinhosa com as pessoas, porque disso você nunca vai se arrepender.

4. Aceite que o seu algoz interior tem voz, mas lembre que essa voz não é a sua.

5. Termine o livro que você começou a escrever, antes de chegar aos 50.

6. Lembre-se do que a sua mãe te falou (milhões de vezes): você tem dois ouvidos e uma boca (escute mais e fale menos). Você não precisa emitir opinião para todo e qualquer assunto.

Aposto que vou ouvir mais coisas antes de chegar lá!