terça-feira, 8 de dezembro de 2015

O que o meu eu aos 50 diria para mim agora (aos 42)

1. Volte a dançar tango, na primeira oportunidade que você tiver!

2. Volte a registrar os seus sonhos! Isso é urgente!

3. Seja sempre carinhosa com as pessoas, porque disso você nunca vai se arrepender.

4. Aceite que o seu algoz interior tem voz, mas lembre que essa voz não é a sua.

5. Termine o livro que você começou a escrever, antes de chegar aos 50.

6. Lembre-se do que a sua mãe te falou (milhões de vezes): você tem dois ouvidos e uma boca (escute mais e fale menos). Você não precisa emitir opinião para todo e qualquer assunto.

Aposto que vou ouvir mais coisas antes de chegar lá!



domingo, 22 de novembro de 2015

O que eu gostaria de ter me dito quando eu tinha 30 anos

1. Sem essa de paixões inventadas, você não tem mais idade para isso!

2. Se alguém diz que "está se separando", esse alguém está mentindo. Finja que acredita e saia de fininho, para nunca mais voltar;

3. Pare de agradar os outros só para ser aceita. Se não te aceitam, isso não é o fim do mundo.

4. Não namore com alguém só porque acha que está na idade de ter um relacionamento sério.

5. Cuidado com a voz mental; ela finge que é você.

6. Por melhor que você se sinta, isso não te dá o direito de julgar ninguém. 

7. Se tem e não usa, doe!

8. Por que você parou de estudar alemão? Esse tipo de economia não vale. Por isso, volte a estudar. Nunca é tarde para aprender.

9. Anote os seus sonhos! 









quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Conceitos e expressões difíceis de explicar para gringos

1. Flanelinha não é somente uma flanela menor;

2. Despacho não é apenas o comunicado de um juiz;

3. Ensacador de compras do supermercado;

4. Sinal vermelho nem sempre é capaz de obrigar o motorista a parar o carro;

5. Foi roubado, porque deu mole;

6. Se der, eu vou;

7. Ele ganhou um cala-boca; 

8. Só no sapatinho;

9. Elevador de serviço;

10. Dependência de empregada.

Aposto que você sabe de alguma!


segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Cai do céu

Uma jovem escreveu uma carta ao universo, solicitando uma chuva de móleculas de histórias não escritas para incentivarem os novos autores nas suas tentativas. Apesar da demanda sideral, o universo comoveu-se com o pedido e convenceu uma estrela cadente da importância daquela tarefa celeste. 

A estrela preparou-se por seis dias consecutivos, coletando moléculas de outras estrelas cujas histórias não tinham sido contadas. Minutos antes de seguir viagem, a estrela hesitou em cumprir a ordem, pois lembrou-se que ao entrar em contato com a atmosfera, provavelmente sofreria a sua desintegração, provocando a própria luminosidade e ensejando uma enxurrada de pedidos dos mais variados tipos, que talvez não conseguisse cumprir. 

De súbito, ao imaginar a palpitação dos corações dos seus observadores, um sentimento de conexão a inundou, recordando-a que em determinadas circunstâncias, há poucas horas na vida mais agradáveis do que aquela dedicada a contar uma história. E num movimento impulsivo, partiu para cumprir a sua missão, metamorfoseando-se num mosquito, que transmitiria uma comichão por narrar os incríveis episódios contidos abaixo da cúpula celeste a todos aqueles que ela picasse.


Apesar das inúmeras tentativas de assassinato, tive êxito; consegui com o meu zumbido despertar pessoas na madrugada para que elas escrevessem histórias inéditas. Se essas pessoas seguirão na jornada da escrita, só elas mesmas poderão contar. 

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

12 máximas que adotei para viver melhor

1. "Onde quer que você esteja, é o ponto de partida."Kabir.

2. Sempre podemos escolher.

3. A gente colhe o que a gente planta.

4. Se não estamos construindo algo, provavelmente estamos destruindo.


5. Mudar é difícil, mas é muito bom.

6. Ninguém muda ninguém.


7. O que dizem de nós não muda o que somos.


8. Quando punimos alguém, buscamos uma compensação, porém ela não chega. Por outro lado, quem foi punido sente um alívio e, teoricamente, recebe uma carta branca.


9. Quando se faz o bem para alguém não significa que esse alguém retribuirá.


10. Sob um ponto de vista do futuro, toda chateação torna-se sem sentido, porque tudo passa.


11. 
Até o mais selvagem dos animais ama a sua cria.

12. "É preciso escrever para a vida não passar em branco." Vita SackVille-West.

Você tem alguma para compartilhar?

domingo, 2 de agosto de 2015

Se minhas línguas falassem as bobeiras que passam na minha cabeça quando estou sem ideia

Se eu falasse a língua do Einstein, eu soaria "komisch". Se você acha estranho, você acertou... "komisch" não significa cômico, mas sim estranho, e, é exatamente assim que eu me sinto quando pronuncio uma palavra que tem três consoantes juntas.

Eu jamais sonharia em alemão Gestern habe ich einen Traum gehabt/ ontem eu tive um sonho. Traum em alemão é sonho, mas pra mim Traum é um trauma menos grave, mas é trauma.

É semelhante ao que sinto na Espanha quando alguém me pergunta: "?quieres tapas?" Eu não consigo simplesmente dizer: "si, quiero tapas". 

Na França, teria dificuldade de dizer "tenho um pescoço": "j'ai un cou" (que se pronuncia como se o "o" não existisse). 

Eu compreendo se você se sente "oblivious to that". Essa palavra em inglês sempre me deixa de fora do assunto. Ela se parece e é o seu significado. 

Em português, eu não gosto de pronunciar a palavra "brega", justamente pelo fato dessa palavra incorporar o seu significado de modo tão eficaz, que me parece contagioso. 

Você tem esse tipo de sentimento em relação às palavras? 

terça-feira, 28 de julho de 2015

Oportunidade de bolsas de estudo na Austrália

"A Business School da University of New South Wales, localizada em Sydney, na Austrália, está recebendo candidaturas para duas bolsas de MBA da instituição, exclusivas para profissionais e acadêmicos da América Latina.
A “AGSM Global Reach Scholarship” cobre todo o valor do curso para estudo em tempo integral. Serão selecionados os candidatos com excelência acadêmica e profissional comprovada.
Se a oportunidade for de interesse para pesquisadores e profissionais da sua instituição, ficaríamos agradecidos se puder encaminhar esta mensagem. Este email tem caráter informativo e a universidade não possui parcerias com a Embaixada do Brasil.
Mais informações podem ser obtidas no site https://www.business.unsw.edu.au/agsm/scholarships-prizes e pelo emailadmissions@agsm.edu.au​​​."

obs: Anúncio da Embaixada da Austrália no Brasil.

quinta-feira, 26 de março de 2015

10 hábitos que abandonei ao morar fora

1) chegar atrasada;

2) inventar desculpas, seja para o atraso ou qualquer outro assunto para o qual eu tenha assumido um compromisso;

3) interromper as pessoas numa conversa;

4) fazer rodeios, ou enfeitar uma mensagem, por não querer assumir determinado compromisso;

5) levar comentários ou discussões para o lado pessoal;

6) emitir uma opinião sobre um assunto, que eu não entenda;

7) achar que as pessoas têm que ser simpáticas;

8) pedalar bicicleta na contramão e achar que estou certa;

9) buzinar para as pessoas, que cometem erros no trânsito;

10) ignorar o sinal de trânsito amarelo e, às vezes, até o vermelho...